Brasil lança FestCampos, um novo evento audiovisual

Realizado de 13 a 22 de maio na cidade mais alta do Brasil, a verdejante cidade balnear de Campos do Jordão, mais parecida com uma cidade do norte da Europa por sua arquitetura e florestas de pinheiros, o inaugural FestCampos Cultural foi lançado este ano em conjunto com o 13º Winter Show, um evento anual da indústria audiovisual brasileira não muito diferente do CinemaCon, onde expositores e distribuidores divulgam os últimos lançamentos.

As atividades gratuitas incluem exibições de lançamentos atuais, projeções de vídeo e painéis.

Um componente chave do FestCampos é uma série de 18 entrevistas online, Palestras do FestCamposcomeçando em 21 de maio, incluindo conversas com importantes players internacionais do setor de cinema e TV que exporão as práticas e tendências na produção e distribuição de conteúdo.

“Com o boom de conteúdo gerado pelas plataformas de streaming, é fundamental educar e capacitar os produtores a olhar para os modelos de negócios globais”, afirma Fernanda Martins, curadora e produtora do FestCampos Talks.

“Não é só para profissionais brasileiros, mas também para players internacionais que querem aprender a explorar o mercado brasileiro”, destacou.

As entrevistas de 30 minutos têm quatro vertentes principais que visam responder às questões abaixo:

Narrativas: Com o advento das plataformas de streaming dirigindo um boom na produção de conteúdo audiovisual, quais são os desafios para criadores e artistas? Como as culturas locais estão se tornando parte das novas narrativas?

Inovação: Como serão as novas plataformas que produzem e distribuem conteúdo audiovisual? Como o mercado está se organizando em termos de tecnologia e financiamento?

ESG (Ambiental, Social e Governança):

Como usar ferramentas audiovisuais para promover histórias diversas? É possível sensibilizar a sociedade sobre temas globais e promover mudanças reais no mundo?

READ  Bolsonaro e Lula concorrem em prévia da campanha presidencial

Música e Sons para Conteúdo Audiovisual: Quais são as oportunidades disponíveis para compositores e criadores ao trabalhar com conteúdo audiovisual? O que o advento do podcast e da série de áudio representa para a indústria criativa?

Entre os destaques do FestCampos Talks está a entrevista com Henry Jenkins, conduzida pelo documentarista brasileiro Leonardo Brant.

Jenkins, um estudioso de mídia americano e professor reitor de Comunicação, Jornalismo, Artes Cinematográficas e Educação da Universidade do Sul da Califórnia, é considerado um dos especialistas em mídia e entretenimento mais influentes de todos os tempos. Seu novo projeto, Civic Imagination, avança a ideia de que, para construir um mundo melhor, precisamos ser capazes de reimaginá-lo. Ele discute como o público, especialmente o jovem, está consumindo progressivamente narrativas mais diversas e conteúdo culturalmente representativo, em um fenômeno chamado “Cosmopolitismo Pop”. Cético de que viveremos no metaverso, ele postula que as narrativas existirão por meio de “multiversos” ou multiplataformas.

O CEO do XR Entertainment Media Group, Jeff Andrick, entrevistado pelo advogado de entretenimento de Los Angeles Fabio de Sa Cesnik, sócio-fundador do escritório de advocacia CQSFV e vice-presidente de relações institucionais da Câmara de Comércio Brasil-Califórnia, fala sobre sua experiência de três décadas no financiamento de conteúdo audiovisual, explicando os modelos originais de financiamento em Hollywood e as novas oportunidades que surgiram com o surgimento de novas plataformas de streaming, explicando o crescimento exponencial da demanda que viu a indústria se tornar a gigante bilionária que é hoje.

Jon Kanak, CEO da Activist Artists Management, em conversa com o advogado ambientalista Pedro Baracui, discute, entre outras questões, como a crescente conscientização sobre a criação de “conjuntos verdes” e a adaptação de outras medidas de bom senso nas produções podem contribuir para a proteção do patrimônio meio Ambiente.

READ  VW enfrenta audiência no Brasil sobre alegações de escravidão na época da ditadura

Outras conversas de destaque incluem uma com Pedro Kos, diretor do documentário da Netflix indicado ao Oscar “Lead Me Home” sobre a crise dos sem-teto, principalmente na Califórnia, que discute como ele consegue financiamento, apresenta seus projetos aos estúdios, a importância dos festivais internacionais em garantir a distribuição e seus pensamentos sobre novas narrativas e formatos.

Martins destaca a importância de mudar a mentalidade de alguns produtores locais acostumados aos incentivos públicos, que foram derrubados pelo atual governo. “Muitos agora estão considerando modelos de negócios mais globais, incluindo ações, pré-vendas e coproduções. A criação do FestCampos Talks como parte do FestCampos tem exatamente esse objetivo: educar e capacitar os produtores brasileiros”, observa.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

PREFEITURACONCURSOS.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Prefeitura Concursos