Colisão no solo no Brasil – GOL 737 e Azul E195

Houve um incidente estranho entre duas aeronaves no Brasil, envolvendo uma colisão no solo, enquanto uma delas taxiava. Não houve feridos.

Uma das duas aeronaves incidentes. Foto: João Carlos Medau, CC POR 2,0

O caso aconteceu na sexta-feira, 29 de abril. Envolveu duas aeronaves, sendo uma delas um Azul Embraer E195. A tripulação desta aeronave havia voado anteriormente para Campinas Viracopos International (SBKP) no Brasil, como voo AD-4397. Este voo teve origem no Internacional de Brasília (SBBR) e pousou em segurança. Parece que não havia passageiros deste voo doméstico Brasil a bordo, durante a colisão no solo.

A outra aeronave no incidente foi um Boeing 737-800 da GOL Linhas Aéreas. Aterrissou em Campinas cerca de 50 minutos após a chegada do voo da Azul. Tinha vindo do Rio de Janeiro Santos Dumont (SBRJ), como voo GOL G3-2026. Mais uma vez, este parece ter sido um voo sem intercorrências, com duração de pouco menos de uma hora. A aeronave chegou a Campinas cerca de 10 minutos antes do previsto.

A outra aeronave incidente. Foto: Rafael Luiz Canossa, CC BY-SA 2.0

Colisão Terrestre no Brasil – O que Aconteceu

Tanto a GOL quanto a Azul são operadoras populares no Brasil, com os jatos nesta colisão terrestre atendendo rotas populares. Nesta ocasião, a tripulação do Azul E195 parece tê-lo estacionado em um estande remoto – número 109. Parece que a aeronave pode ter estacionado lá para alguma manutenção. Enquanto isso, a tripulação do GOL 737 pousou e taxiou pela Embraer da Azul, a caminho de um portão. Novamente, não sabemos quantos passageiros estavam neste voo.

Colisão no solo no Brasil - GOL 737 e Azul E195

A asa do GOL 737. Foto: JacdecNovoatravés do Twitter

Fontes no Brasil não mencionam se houve algo incomum na forma como o E195 foi estacionado, durante a colisão com o solo. Mas se algo estava estranho nisso, a tripulação do GOL 737 provavelmente não percebeu. O winglet da asa esquerda do 737 atingiu o cone de cauda do Embraer, causando danos às duas aeronaves. Ninguém dentro ou ao redor de qualquer aeronave sofreu ferimentos no incidente.

READ  O que impede o Brasil de desenvolver a vacina COVID-19?

Ambas as aeronaves ainda estão em solo no Aeroporto de Campinas, no Brasil, desde a colisão. A aeronave da Azul neste incidente é um Embraer ERJ-195AR, com número de cauda PR-AYN, e tem pouco mais de onze anos e meio. O avião da GOL é um Boeing 737-8EH, com número de cauda PR-GUQ. Este é um pouco mais jovem, com pouco menos de 10 anos de idade.

Colisão no solo no Brasil - GOL 737 e Azul E195

O tailcone (escape APU) da Embraer da Azul. Foto: JacdecNovoatravés do Twitter

Fontes locais descreveram os danos em ambos os jatos como “reparáveis”. O GOL 737 seguiria para Brasília, como voo G3-1712. A companhia aérea teve que voar outra aeronave para Campinas, para realizar este voo. Este incidente ocorreu pouco antes das 21h30, portanto, durante a noite.

Fonte

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

PREFEITURACONCURSOS.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Prefeitura Concursos