Destaque: os projetos de hidrogênio verde do Brasil

O estado do Ceará assinou um memorando de entendimento com a H2 Green Power para a instalação de uma planta de produção de hidrogênio verde no porto de Pecém, informou o governo local nesta quinta-feira.

O negócio é um entre mais de duas dezenas de acordos semelhantes já assinados no país, que envolvem investimentos multibilionários.

O novo MoU inclui o desenvolvimento de um projeto de cadeia de produção de hidrogênio verde, incluindo uma possível participação em um pool de armazenamento de amônia e utilidades a ser desenvolvido e implementado no porto e complexo industrial.

No mesmo dia, o Ceará assinou um MoU com a Kroma, que pretende instalar diversos parques solares fotovoltaicos no interior do estado. O Arapuá e Frei Damião complexos exigirá 2,2 bilhões de reais (US$ 430 milhões), totalizando uma capacidade instalada de 690 MW.

Além da H2 Green Power, o estado assinou MoUs com:

– Fortescue Future Industries, envolvendo um capex de US$ 6 bilhões;

– Qair Brasil, exigindo um investimento de US$ 6,9 bilhões, incluindo dois parques eólicos offshore que abastecerão a usina de hidrogênio verde;

– Enegix Energia (US$ 5,4 bilhões);

– Cactus Energia Verde (5 bilhões de euros / US$ 5,52 bilhões);

– Consórcio Transhydrogen Alliance, formado por Proton Ventures, Trammo, Global Energy Storage e Varo (2 bilhões de reais);

– Eren do Brasil (investimento não divulgado);

– Linde / White Martins (investimento não divulgado);

– AES Brasil (investimento não divulgado);

– Terminais Stolthaven (com foco em serviços de armazenamento e manuseio de hidrogênio verde);

– Engie (investimento não divulgado);

– Eneva (investimento não divulgado);

– Diferencial (investimento não divulgado);

– Hytron (investimento não divulgado);

– H2Hélio (investimento não divulgado); e

READ  Uma árvore cresce no Brasil, através desta 'casa da fortuna' de luciano lerner basso

– Neoenergia, para implantação de projeto de mobilidade urbana utilizando veículos de transporte público movidos a hidrogênio verde (investimento não divulgado).

A lista não inclui um piloto anunciado pela EDP Brasil em setembro de 2021 envolvendo uma usina de hidrogênio verde de 41,9 milhões de reais programada para entrar em operação em dezembro. Neste caso, nenhum MoU foi assinado.

OUTROS CASOS

Complexos industriais e portuários adicionais no Brasil também apostam no hidrogênio verde.

O porto de Suape, em Pernambuco, assinou MoUs ou está em negociações com a Neoenergia e a Qair Brasil, enquanto, no Rio de Janeiro, a Fortescue Future Industries está em negociações com o Porto do Açu.

No Rio Grande do Sul, a White Martins assinou um memorando de entendimento com o estado para viabilizar a produção de hidrogênio verde.

Enquanto isso, Nexway (Comerc) e Casa dos Ventos estão em conversas avançadas com estados do Nordeste para iniciar empreendimentos de hidrogênio verde.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

PREFEITURACONCURSOS.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Prefeitura Concursos