Ex-presidente do Brasil se reúne com comunidade palestina usando keffiyeh – Monitor do Oriente

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com membros da comunidade palestina no Brasil no hotel Plaza São Rafael, no estado de Porto Alegre. Uma delegação da Federação Árabe Palestina do Brasil (FEPAL) e outras da comunidade palestina no Brasil estiveram presentes e entregaram uma letra para Lula.

“Estamos aqui como palestinos e brasileiros de ascendência palestina que querem o melhor para o Brasil”, disse o presidente da FEPAL, Ualid Rabah, na reunião. Rabah elogiou o papel de Lula no aumento das relações com o mundo árabe durante sua presidência. “Gerou empregos no Brasil, seus empresários ganharam dinamismo e um mercado internacional para todas as classes e nacionalidades da sociedade.”

A carta entregue a Lula “expressa algumas das principais preocupações e propostas da comunidade árabe palestino-brasileira para as relações entre Brasil e Palestina, bem como questões de preocupação no Brasil”, explicou Rabah.

O ex-presidente brasileiro Lula da Silva encontra a comunidade palestina no Brasil junho 2022 [source: FEPAL]

Entre as propostas está o apoio continuado à Palestina de acordo com as inúmeras resoluções da ONU, como o direito de retorno dos refugiados e a ratificação de uma série de acordos de cooperação entre Brasil e Palestina.

A comunidade palestina também presenteou Lula com diversos brindes como símbolo da história e herança do povo palestino, incluindo caligrafia árabe com a frase “Lula é o melhor presidente do Brasil”, camisa do time de futebol palestino refugiado e contas de oração nas cores da bandeira palestina. Eles também presentearam a esposa de Lula, Rosângela Silva, um lenço com bordados tradicionais palestinos.

“Os palestinos merecem toda a nossa atenção e solidariedade”, disse Lula. Vestindo o keffiyeh palestino, ele deu as boas-vindas à comunidade palestina e destacou as importantes relações entre Brasil e Palestina e as relações que o Brasil construiu com o mundo árabe e seus governos.

READ  Brasil em negociações para comprar 150 milhões de vacinas Pfizer Covit-19 até 2022

Ele ressaltou que o povo palestino tem o direito de viver em um “Estado livre e soberano”, acrescentando que trabalhará para restabelecer o protagonismo da política externa brasileira na mediação de conflitos e no direito dos povos de se defenderem.

Em 2010, Lula reconheceu a Palestina como um estado independente dentro das fronteiras de 1967, com Argentina, Bolívia e Equador fazendo-o quase imediatamente depois. A maioria dos estados sul-americanos seguiu o exemplo nos primeiros três meses de 2011. No mesmo ano, Lula fez a primeira viagem de um ex-chefe de Estado brasileiro à Palestina. Ele havia tomado muitas medidas em favor da Palestina, inclusive aumentando a representação diplomática entre os dois países e alocando um terreno próximo ao palácio presidencial brasileiro para a Embaixada da Palestina.

O atual presidente brasileiro Jair Bolsonaro rompeu com essa postura e apoiou externamente o estado de ocupação de Israel. No entanto, analistas acreditam que Lula tem um 70 por cento por cento de chance de ganhar a próxima eleição em outubro. A questão é se ele manterá seu apoio aos palestinos se voltar ao poder.

LER: Brasileiros comemoram quando cidade de Recife inaugura ‘Praça Palestina’

As opiniões expressas neste artigo pertencem ao autor e não refletem necessariamente a política editorial do Middle East Monitor.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

PREFEITURACONCURSOS.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Prefeitura Concursos