Índia quer aumentar as importações de petróleo do Brasil- Ministro do Petróleo da Índia

Um homem pinta o logotipo da refinaria de petróleo Bharat Petroleum Corp (BPCL) em uma parede nos arredores de Kochi, Índia, em 21 de novembro de 2019 REUTERS / Sivaram V

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

NOVA DÉLHI, 21 Abr (Reuters) – A Índia, o terceiro maior importador e consumidor de petróleo do mundo, está buscando aumentar as compras de petróleo do Brasil, disse o ministro do Petróleo Hardeep Singh Puri nesta quinta-feira após uma reunião com o ministro da Energia brasileiro, Bento Albuquerque.

Atualmente a Índia importa apenas uma fração de suas importações de petróleo do Brasil.

“Expressamos ao ilustre ministro que estamos dispostos a aumentar muitas vezes o nosso petróleo do Brasil”, disse Puri, acrescentando que as empresas indianas também estarão buscando aumentar o investimento no país sul-americano.

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

Atualmente, as empresas estatais indianas Bharat Petroleum Corp e Oil and Natural Gas Corp (ONGC.NS) fizeram investimentos no setor de exploração de petróleo e gás do Brasil.

A Índia quer importar petróleo do Brasil sob “contratos especiais de longo prazo”, disse um comunicado do governo divulgado após a reunião sem dar mais detalhes.

O Brasil, que está aumentando sua produção de petróleo em 10% para 3,3 milhões de barris por dia, está disposto a atender a demanda indiana por petróleo, disse Albuquerque.

A Índia, que atende cerca de 84% de suas necessidades de petróleo por meio de importações, está procurando maneiras de reduzir sua conta de importação, incluindo intensificar o uso de biocombustíveis.

Os varejistas estatais de combustível da Índia estão aumentando sua capacidade de armazenamento de etanol em 51%, já que o país tem como meta dobrar a mistura do biocombustível à gasolina para 20% até 2025.

READ  Fernandinho revela intenção de deixar o Manchester City e retornar ao Brasil neste verão

Puri disse que a Índia e o Brasil estão cooperando nas áreas de biocombustíveis e etanol.

Associação Brasileira da Indústria de Cana-de-Açúcar, a Unica assinou um memorando de entendimento com a Society of Indian Automobile Manufacturers para atuar nas áreas de etanol e tecnologia flex-fuel.

“Acreditamos que a Índia e o Brasil podem se unir para ajudar outros países que buscam aumentar o uso do etanol como combustível automotivo e desenvolver a tecnologia flex-fuel para reduzir a pegada de carbono”, disse Evandro Gussi, presidente-executivo da Unica.

A Índia importou a maior parte de suas necessidades de petróleo do Oriente Médio e embarcou cerca de 9% da América Latina em 2021.

Recentemente, a Índia aumentou suas compras de petróleo russo, disponível a preços mais baratos depois que algumas empresas e países evitaram o petróleo russo após as sanções ocidentais a Moscou por sua invasão da Ucrânia.

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

Reportagem de Nidhi Verma Edição de Alexandra Hudson

Nossos padrões: Os Princípios de Confiança da Thomson Reuters.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

PREFEITURACONCURSOS.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Prefeitura Concursos