Lula aconselhou a recomprar refinarias da Petrobras, diz autor do estudo

Um logotipo da estatal brasileira de petróleo Petrobras é visto em sua sede no Rio de Janeiro, Brasil, 16 de outubro de 2019. REUTERS/Sergio Moraes

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

5 Ago (Reuters) – Um estudo da indústria de petróleo e gás encomendado pela campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para as eleições de outubro recomendará o reforço da capacidade de refino da Petrobras, inclusive por meio da reversão das privatizações de refinarias, disse um dos autores do estudo. .

O estudo também propõe novos investimentos e a retomada de projetos de refinarias abandonados pela Petrobras após a estatal de petróleo decidir se concentrar na produção de seus campos offshore do pré-sal ao se recuperar da maior investigação de corrupção já realizada no Brasil, a chamada Lava Jato. escândalo.

Entre as propostas está a possibilidade de a Petrobras recuperar a propriedade da refinaria RLAM na Bahia, disse o coautor do estudo William Nozaki, da equipe do PT que assessora Lula nos assuntos da Petrobras. A RLAM, o maior ativo de refino vendido em 2021 pela empresa, agora é propriedade da Acelen, do grupo Mubadala de Abu Dhabi.

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

“Para alguns ativos, é possível consultar os sócios que os adquiriram para… saber se eles realmente têm interesse em permanecer integralmente na operação”, disse Nozaki, coordenador do Instituto de Estudos Estratégicos em Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep) vinculado ao sindicato dos petroleiros da FUP.

“Este é o caso do RLAM.”

A refinaria da Bahia foi a primeira desinvestida pela Petrobras do grupo de oito refinarias que terão de ser vendidas pela empresa sob o acordo firmado com o regulador antitruste CADE em 2019 para encerrar seu monopólio no refino brasileiro.

READ  CDC dos EUA alerta contra viagens ao México, Brasil e Cingapura por Covit-19

Nozaki não comentou as implicações antitruste da renacionalização das refinarias. Ele disse que as conversas devem ser iniciadas com o fundo Mubadala para descobrir quais são suas perspectivas e se eles realmente querem continuar operando 100% da refinaria.

Lula lidera as pesquisas contra o atual presidente Jair Bolsonaro. Seu programa de governo ainda não foi concluído.

“A orientação dada por Lula é que nada será feito de forma traumática para os acionistas ou para os investimentos da Petrobras”, disse Nozaki.

O estudo vai propor a reavaliação da venda de três refinarias incluídas no acordo do CADE que ainda estão em processo de venda – Repar, no Paraná, Refap, no Rio Grande do Sul, e Rnest, em Pernambuco.

Além da refinaria da Bahia, a Petrobras já fechou negócios para vender unidades no Amazonas (Reman), Paraná (SIX), Ceará (Lubnor) e Minas Gerais (Regap).

O programa de Lula ecoa os planos de outros líderes de esquerda latino-americanos, como o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, que fez do aumento da capacidade das refinarias para tornar o país autossuficiente em energia um pilar fundamental de sua presidência.

Nozaki admitiu que é “difícil” reverter as vendas das refinarias da Petrobras, mas não impossível.

O principal objetivo de fortalecer a capacidade de refino da Petrobras é ajudar o Brasil a lidar com a alta inflação, disse ele.

“Lula nos pediu para colocar todas as opções disponíveis na mesa, do ponto de vista técnico, e pensar em como enfrentar o problema da inflação de combustível”, disse Nozaki.

A inflação ultrapassou 11% nos últimos 12 meses, impulsionada pelos preços dos combustíveis, que Bolsonaro tentou mitigar com cortes de impostos enquanto busca a reeleição.

Reportagem de Rafaella Barros; Escrito por Anthony Boadle; Edição por Jan Harvey

Nossos padrões: Os Princípios de Confiança da Thomson Reuters.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

PREFEITURACONCURSOS.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Prefeitura Concursos