Por que um grande projeto de gasoduto pode acabar no Supremo Tribunal Federal

De acordo com advogados locais que consultaram o BNamericas, um grande projeto de gasoduto no Brasil poderia ser concluído no Supremo Tribunal Federal antes do início da construção.

Batizado de Subida da Serra, o projeto de 473 milhões de reais (US $ 88,4 milhões) ligará o terminal de restauração (TRSP) da GES E Energia (Cozan) à bússola de gás natural liquefeito do porto de Santos, fase de sua unidade de abastecimento de gás no estado de Chaos Palo. .

A construção de um gasoduto de 31,5 km com capacidade para movimentar 16Mm3 / d (milhões de metros cúbicos por dia) ou 20% da demanda nacional de gás natural foi aprovada pelo Regulador do Serviço Público de São Paulo (RCSP) em 2009 como gasoduto de abastecimento. .

O Sistema de Monitoramento de Petróleo e Gás (ANP) do país disse na semana passada que o projeto era um duto de transporte de gás, o que significa que o duto não poderia funcionar porque o duto Compass-Comx já era um distribuidor.

Essa barreira é compatível Nova lei do gás A Petrobras, uma empresa estatal de petróleo e gás, foi lançada no início deste ano para reduzir a integração vertical no setor dominante.

De acordo com Diego McCado, um escritório de advocacia Doyle & Chequer Advocates, a má interpretação de Arcespin sobre a complexa situação é a culpada.

“A pressão de Supita da Serra e as características técnicas do processo … 11.909 aos olhos da lei é uma rotina de transporte dutoviário de ambos. [the previous gas law] E a nova lei do gás ”, disse McCodo à Pinamericas.

O colega advogado Diego Luis Silva acredita que existe um vazio disciplinar em Viira Resente que abre a possibilidade de mal-entendidos.

READ  Tribunal de Contas do Brasil exige sistemas digitais de órgãos governamentais

O que levou a ANP a entender que a instalação era ‘claramente de natureza de tráfego’? A empresa ainda não regulamentou o assunto dentro dos limites da nova lei do gás ”, disse Silva ao BNamericas.

“Por meio da regulamentação da ANP, precisamos olhar quais são as características técnicas que definem um duto de transporte e as práticas aplicáveis, como a análise de impacto regulatório”, disse ele.

Os dois advogados acreditam que um conflito pode surgir na esfera federal e chegar ao Supremo Tribunal Federal porque o estado de São Paulo decidiu apoiar a construção da Subita da Serra.

Segundo McCado, atualmente existe um conflito claro entre distribuidoras e transportadoras de gás no Brasil.

“Em primeiro lugar, eles ganham tanto quanto investem na expansão da rede, por isso tentam evitar que outros players invistam em transportes oleodutos, empurrando essa capacidade para fora do país. [federal government],” ele disse.

Na visão da McCodo, a empresa mais indicada para adquirir o empreendimento é a Nova Transportadora do Sudeste (NDS), que poderia usar sua infraestrutura de transporte de gás para ligar o gasoduto ao porto de Santos.

Anteriormente propriedade da Petroprose, a NDS agora é controlada pela Brookfield e pela CDPQ.

“Havendo mais de um interessado, haverá público [tender] Processo com competição em termos de baixo custo ”, disse McCado.

Segundo Silva, o governo federal pode ter pressionado a ANP para abreviar o processo regulatório adequado.

“Por imposição de um imposto sobre o gás ou pressão de mercado para evitar um possível monopólio da Compass no fornecimento de gás natural ao estado de São Paulo”, disse.

Em carta aberta, a decisão da ANP de associações representativas de produtores de gás natural (IBP), transportadoras (ATGás) e consumidores (Abivitro e Abras) de qualificar Supita da Serra como duto de transporte fortalece o processo de abertura de mercado e os concorrentes fornecedores.

READ  Os melhores 30 preacher 7 para você

“Isso isolará o mercado de São Paulo e aumentará o custo do fornecimento de gás natural aos consumidores paulistas e de outras partes do país”, disseram os sindicatos.

Procurada pela BNamericas, a Associação das Distribuidoras de Gás (Abegás) não quis comentar o assunto.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © prefeituraconcursos.com.br.
prefeituraconcursos.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Prefeitura Concursos