URGENTE: Shell divulga planos eólicos offshore de 17 GW no Brasil

A Shell solicitou licenças de investigação ambiental para seis projetos eólicos offshore no Brasil junto ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Naturais (IBAMA). Os seis projetos têm capacidade instalada total de 17 GW.

A empresa apresentou um Formulário de Caracterização de Atividades (FCA) ao IBAMA na semana passada, solicitando aprovação para realizar avaliação de impacto ambiental para apoiar o desenvolvimento do projeto e, posteriormente, investimento e construção.

Os estudos, previsto para começar este anoserá realizado para os projetos eólicos da Shell planejados para serem construídos em águas offshore nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

“Com mais de 20 anos de experiência em energia eólica em todo o mundo e mais de 50 anos de tradição em projetos offshore, a Shell pretende unir sua expertise nessas duas frentes com o objetivo de fornecer mais energia e energia limpa ao país”disse Gabriela OliveiraGerente da Shell Renewable Generation Brasil.

A empresa disse que solicitou as licenças como um primeiro passo para garantir o melhor estudo das áreas e o desenvolvimento sustentável e responsável dos investimentos necessários ao licenciamento, enquanto aguarda a definição dos restantes regulamentos que vão nortear o desenvolvimento da energia eólica offshore projetos no Brasil.

Conforme relatado em janeiro, o Governo do Brasil emitiu um Decreto no início deste ano, que permitirá a implementação dos estudos offshore necessários e a identificação de áreas adequadas para o desenvolvimento de projetos eólicos offshore.

O Ministério de Minas e Energia do Brasil será responsável por realizar os estudos, selecionar as zonas eólicas offshore, bem como organizar os leilões subsequentes.

A Shell vem avaliando potenciais oportunidades eólicas offshore no país desde o ano passado, de acordo com o comunicado da empresa ao offshoreWIND.biz a partir de setembro de 2021, quando a gigante de petróleo e gás lançou a Shell Energy Brasil, dizendo que o negócio produziria e comercializaria eletricidade limpa a partir de usinas solares e eólicas.

READ  Os melhores 30 chupeta para você

Já existem várias outras empresas destacando as águas brasileiras, incluindo as contrapartes brasileira e norueguesa da Shell, Petrobras e Equinor.

No verão de 2020, a Equinor apresentou solicitações de avaliações de impacto ambiental ao IBAMA para projetos offshore no Rio de Janeiro e no Espírito Santo, dois dos estados em que a Shell agora também planeja o desenvolvimento eólico offshore.

No mesmo ano, o governo do estado brasileiro do Ceará, outro estado onde a Shell tem planos eólicos offshore, assinou um Memorando de Entendimento com a chinesa MingYang Smart Energy com o objetivo de desenvolver um “complexo eólico offshore” no estado.

Na lista de seis fortes da Shell também está o estado do Rio Grande do Norte, que celebrou um acordo com a Enterprize Energy em 2021, sob o qual as duas partes identificarão e desenvolverão conjuntamente oportunidades para projetos de energia eólica offshore, hidrogênio verde e amônia verde. litoral norte do país.

Siga offshoreWIND.biz em:

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

PREFEITURACONCURSOS.COM.BR PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Prefeitura Concursos